Um conto.. uma barraca!

4

Written on terça-feira, setembro 27, 2005 by Maria

Era uma vez, uma menina muito queridinha e simpática que vivia num país muito pequenino chamado Portugal.
Essa menina queridinha e simpática chamava-se Maria e apesar de ser pequenina já andava a estudar na universidade.
Mas, apesar do seu ar queridinho, simpático e até mesmo angelical, a Maria todos os anos fazia questão de fazer uma grande asneira que a punha em maus lençois e passava a ser mal vista pelos seus professores. A este tipo de asneira, Maria chamava "barraca".
Certo dia, estava a queridinha Maria já no 4º ano da faculdade, e em conjunto com todos os seus simpáticos coleguinhas dirigia-se para uma aula de "Estrutura de Comunicação Interactiva" cuja simpatíquíssima professora se chamava Carla Ganito .
Mas esta tão queridinha Maria era também muito distraída e perguntou a um dos seus colegas:

- Ó simpático colega Pedro, que aula vamos nós ter agora?

Ao que o seu simpático colega responde:

- Ó queridinha Maria, vamos ter aula com a Ganito!

Nisto, a queridinha Maria pensa por alguns segundos no que ouviu e sem se aperceber que a sua professora se encontrava a escassos centimetros das suas costas grita com todo o ar que tinha nos seus queridos pulmões:

- Ca.. Ganito... CAGANITO!!! CAGANITO!!!!

Todos os queridos colegas da queridinha Maria ficaram nesse momento sem articular palavra enquanto Maria fazia (em câmara lenta) um movimento giratório para trás para perceber para onde se estavam a dirigir todos os olhares assustados que sobrevoavam a sua cabeça e aterravam precisamente nas suas costas..
Ao virar-se para trás Maria depara-se com a sua professora que olhava para ela directamente e que lhe disse simpáticamente:

- Pois é, queridinha Maria! É assim pelas costas que voçês são apanhados!!!!!Vai ter menos um valor na sua nota final por causa disto!

A história termina quando a queridinha Maria foi pedir desculpa, acabando por ter sorte pois o lobo mau não a comeu, ou seja, a simpatiquíssima professora acabou por se rir também com a situação promentendo à queridinha Maria que o dia em que se casasse mudaria de certeza o seu apelido para o do seu então queridinho marido.

E ficaram, amigas para sempre................ ou não....

E ficaram com uma relação de professora e aluna para sempre!

Conclusão da história, olhar para todos os lados antes de brincar com os nomes dos nossos professores, principalmente se estivermos perto da sala de aula!


Picolina Maria!

If you enjoyed this post Subscribe to our feed

4 Comments

  1. Joaninha Monteirinha |

    O meu primeiro comentario tem ser a este post. é demasiado facil comentar (como quem diz, gozar)com este fantastico momento da Mamma Mimi! Devo dizer que é um momento ao nivel de uma juju raminhos a falar sozinha!!
    Adorava ter assistido! A tua sorte mimi, é q ela nao é como a Veronica senao là irias repetir a cadeira!! O q vale é q de uma maneira ou de outra, isto é, dando-lhes graxa ou insultando-los, és sempre irresistivel para os profs.lol
    Belo momento, dou-lhe 18 valores, sem duvida o melhor até agora!

     
  2. campelinha |

    ooooooooooollllllllllllllllllaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!
    eu nao tenciono fazer qual quer tipo de comentario.tenciono apenas mandar um grande beijinho.tao boas????????????????????

     
  3. campelinha |

    sao beijinhos para as joanas

     
  4. Carla Ganito |

    Picolina Maria,

    Queira saber que agora já me chamo Carla Afonso. Ficou cumprida parte da promessa...

    Beijinhos,
    Carla Ganito Afonso

     

Enviar um comentário