E enquanto uns cantam no metro de NY, eu no metro de Milão..

11

Written on terça-feira, abril 01, 2008 by Maria

..enfim.. ensino os italianos como se anda de metro em Portugal..

Piccola Maria

If you enjoyed this post Subscribe to our feed

11 Comments

  1. Piero |

    Estás tão atraente Maria!

    Dentro do mercado das cegas acho q tinhas sucesso!!

     
  2. Anónimo |

    Boa tarde,
    Não sei como têm a coragem de parodiar com uma situação tão grave e séria como é o problema de subsistência diária de milhares de invisuais portugueses. Eu sou primo da Rosa, a senhora que é humilhada e achincalhada neste vídeo, por uma jovem que nem nos seus piores pesadelos imagina como é humilhante ter que sobreviver à custa das esmolas de terceiros. "Mostrei" este vídeo à minha prima há minutos atrás e ela desfez-se em lágrimas. Sim, porque os invisuais também choram.
    A Rosa nasceu com um problema grave com o qual não vos vou agora apoquentar. Desde pequena que teve que lutar pela vida, pois o seu pai morreu na Guerra Colonial e a mãe prostituía-se para alimentar os pais entrevados. O seu irmão heroinómano abusou sexualmente dela por várias vezes e chegou mesmo a vendê-la a clientes que fantasiavam em ter relações com invisuais. Na altura, por meros 300$00.
    Pedir no metro é neste momento a coisa mais digna que a Rosa pode fazer.
    Oxalá esta menina Maria, a quem pelos vistos não lhe falta nada pois até viaja para o estrangeiro, não venha nunca a conhecer as agruras de tamanha incapacidade. E espero também que nunca venha a prostituír-se por 300$00 (1,5€ em moeda actual).
    Já enviei o vídeo para a ACAPO e fiz queixa ao blogger por albergar tamanho desaforo. Estou a tentar encontrar os vossos contactos e identificações para eventual procedimento judicial. Já percebi que a menina trabalha na publicidade e inclusivamente para uma grande operadora de telefones. Falaremos brevemente.

    Cumprimentos

    Helder Felício
    Lisboa

     
  3. Anónimo |

    que vergonha!!

     
  4. Piero |

    Meu caro Helder,

    Reclamação registada e aceite.

    Deixe-me só dizer-lhe que podia também juntar à sua acção judicial, vídeos a gozarem com pessoas baixinhas, ou pessoas altas e magras, ou pessoas coxas, ou pessoas vesgas. Assim se calhar conseguiria processar também o youtube entre outros. Que acha?

    Se calhar até poderiamos juntar todos os vídeos que gozavam com qualquer coisa que fosse e processavamos o humor de todo do mundo. Eu vou nessa consigo. E acho que a Maria e a Rosa também não se importavam de alinhar nessa.

    No final iriamos beber um copo e ver uns jogos de futebol.

    Ah... se calhar ouviamos só... por solidariedade.

    Abraços caro Helder.

    PS-Gostei de saber que é de Lisboa

     
  5. Anónimo |

    Caro Piedro,

    Assinei Lisboa porque é lá que está localizada a firma onde trabalho, tendo sido de lá que enviei este comentário electrónico. Achei mais honesto assinar o local onde estava a escrever do que Paio Pires que é onde resido. Também não seria incorrecto escrever Sernancelhe, que foi onde nasci, mas onde por impossibilidades e vicissitudes de vária ordem só vou uma quinzena em Agosto (sou membro da Comissão de Festas em Honra de Nª Senhora dos Milagres, justamente em homenagem à saúde da minha prima e ao milagre que todos esperamos que venha a ter lugar quando Nosso Senhor assim o entender). Sernancelhe é uma bela povoação e tem um Festival Internacional de guitarra Clássica que já vai na sua (dele) 9ª edição. Nesse festival participam alguns artistas locais e até de outros países, pois se assim não fosse não seria um festival Internacional, não é?
    Aconselho vivamente o amigo a visitar a nossa bela terra onde nos poderemos encontrar e beber um copo...de gasosa, pois eu já deixei de beber há uns anos derivado do fígado. Pelo menos foi o que me disse o Dr. Campos da Covilhã, porque a princípios eu até pensei que fosse do estômago.

    Apareça quando quiser!

    Helder Felício
    residente em Paio Pires, natural de Sernancelhe

     
  6. piccola Maria |

    Meu caro Helder Felício

    A coragem é uma virtude minha. Não só para parodiar com um problema com o da sua prima Rosa mas para muitas outras coisas, como por exemplo prostituir-me por 1,5€. Só ainda não me apeteceu.
    De facto trabalho na publicidade, e dava-me muito jeito falar com a sua prima Rosa para fazer um daqueles anuncios de coragem e de sensibilização para com os ceguinhos, precisamente para a a ACAPO. Acha que com um gesto destes podemos fazer as pazes e esquecer essa história do procedimento judicial?
    Quem sabe não ficamos amigos e ainda vamos todos a Sernacelhe ver e participar no festival (sim porque o Piedro sabe tocar guitarra clássica, ele chama-lhe viola ) beber uma gasosa e uma laranjada.
    Eu levo um chupa chupa para oferecer à Rosa para ela ficar contentinha, e até lhe ensino outra frase para quando for "trabalhar" para o Metro não repetir sempre a mesma.
    Falaremos brevemente como amigos então?
    Um bem haja e melhoras para a cirrose.

    Piccola Maria
    Miraflores

     
  7. Anónimo |

    caro Helder, minha maria, carissimos leitores,

    Em primeiro lugar queria chamar á ateção ao Helder(vamos deixar os formalismos de parte, afinal já se combinam copos nas festividades veranianas de Sernacelhe) e dizer-lhe para ter tento nas palavras quando se dirige á Piccola Maria. Admitindo que o comportamento desta, nao foi o mais correcto, bonito nem tão pouco o mais nobre, certamente nao será um agente da autoridade a pessoa mais indicada para julgar ou para, eventualmente, dar uma reprimenda á piccola maria.
    tenho por certo, que nao haveria qualquer maldade nem, tão pouco, pretensão de gozar com a famigerada sorte que a Rosa teve ao longo da sua dificil vida.
    Bem sei que a desgraça dos outros por vezes nos pode fazer sentir superiores, ainda que de uma forma nao consciente, e com isso criar algumas situações de gozo, que implica maldade e que creio nao ter sido o caso, ou de brincadeira. no entanto isso nao apaga o facto de, em meu entender, isso ser algo com que nao deveriamos "brincar". Lembro-me de certo dia na praia, estar a "brincar" imitando os nadadores paraolimpicos, resultado alguem no meio da confusão empurrou o meu proprio braço o que fez com que desse um murro a mim proprio. Moral da história, 3 anos a ter que por tampões no ouvido para poder entrar dentro de água.
    Conclusão, o comportamento nao sendo de louvar tambem nao será caso para acção judicial, uma vez que nesse caso, os jogadores do benfica tambem deveriam ser processados por gozarem (e aqui com alguns laivos de malvadez) com 6 milhoes de pessoas cada vez que chutam uma bola.
    Mais se acrescenta que o verdadeiro milagre em sernacelhe, se vai dar quando perceberem que em vez de andar a rezar á santa padroeira lá do sitio deviam era juntar-se e contribuir com alguma coisa, deste modo, a rosa em vez de pedir no metro podia aprender um outro oficio. E tu helder, se descubro onde trabalhas, faço queixa de ti... um comentário ás 15:11 num blog... axo que se teu chefe descobre vais passar a ter mais tempo para ir a sernacelhe.
    Na esperança que sejam todos amigos,
    os meus melhores cumprimentos,

     
  8. piccola Maria |

    caro anónimo

    acho que tem toda a razão naquilo que diz, especialmente quando se refere ao benfica.

    Fiquei muito sensibilizada por saber que sou a "sua maria". Anseio para que saia do anonimato.

     
  9. Anónimo |

    estou a ver-vos

     
  10. Anónimo |

    este video é de facto uma vergonha, concordo com o herlder e com a queixa que fez, siga adiante.
    Cumprimentos

     
  11. Bruno |

    Epá, não tive pachorra para ler os comentários todos. Por isso cá vai um curtinho ao post:

    Se eu calhasse a estar nesse metro nesse dia, dava-te uma cabeçada.

    Toda a decência que me impede de dar expressão à minha irritação perante a presença desses artistas do desgraçadinho, deixa de ter razão de ser.

    Não és def, mas és igualmente irritante.

    Uma verdadeira obra prima do sempre actual movimento Dada.

     

Enviar um comentário