Histórias de vida #2

5

Written on quinta-feira, agosto 11, 2011 by Maria


Às vezes preciso de ver a paixão que os outros têm por alguma coisa, para me apaixonar também.
Há pouco tempo fui ao Rio de Janeiro. 1º dia, acordar, ir à varanda, querer conhecer. Assim foi, saímos de casa e siga conhecer a cidade maravilhosa. Desilusão. Prédios feios. Ruas assim para o escuro, nada que me encantasse. Vamos em direcção ao calçadão, o famoso calçadao. Chegamos. Desilusão.
Epá! O que é que se passa com esta cidade que eu ainda não percebi?! Cidade maravilhosa e coiso e Cristo Redentor e é esta merd@?!  (ao fim do dia percebi).
Enquanto me mentalizava que alguma coisa o raio da cidade devia ter, olhava para quem passava ao meu lado. E reparei num fenómeno. Criancinha, cotinha, adolescente, geek, feio, giro, menino ou menina, não havia ninguém que não andasse numa longboard em grande estilo, de um lado para o outro. Parei a observar. Isto sim! O resto do grupo seguia histérico com a primeira agua de coco na mão e eu parada de boca aberta a observar e a pensar. Eu quero fazer como eles.
Olho para o meu paciente e calmo hombre e grito: quero uma longboard!!
Serviu-me de pouco pedir o resto das ferias por uma. Ai como eu sonhava deslizar pelo calçadao como aquela gente toda fazia.
A ideia foi-se escondendo à medida que me apaixonava pelo resto da cidade. Voltamos para Portugal. Tristes, tristes. E eu triste ao quadrado porque me esperava uma dura travessia no deserto. Problemas  no trabalho. Eu sozinha em casa.  A perspectiva assustou-me. Ele percebeu isso. E antes de ir embora tratou de me animar. Segunda-feira, ao fim do dia, quando abri a porta de casa sabendo que ninguém me esperava, caiu-me a mala da mão. Estava uma longboard encostadinha à parede, à minha espera.
Já deslizei pelo soalho da sala, e fui dois minutos ao parque de estacionamento examinar o meu próprio talento. Não é espectacular.  Fico à espera que ele volte, ou que alguém me dê umas aulinhas. Até lá, vou vendo vídeos no youtube e ja sei o que é fazer carving (na teoria) e assim.

If you enjoyed this post Subscribe to our feed

5 Comments

  1. Marlucinha |

    ensino-te a cair de cu. Nisso eu sou pró!

     
  2. Piero |

    Queres armar-te numa de Hélio? ;)

     
  3. piccola Maria |

    acho que não. A mim o medo assiste.

     
  4. Teira |

    Granda pinta! Grande Piretti! Vou querer experimentar isso por isso vê se te tornas Pro para me ensinares. :)

    bjufas nas canelufas

     
  5. Câmara Lenta |

    Tens de vir connosco dar umas voltinhas :P Costumamos levar a longboard, o skate e 3 pares de patins ;)

     

Enviar um comentário