Histórias de vida

4

Written on quarta-feira, agosto 10, 2011 by Maria

 

Ontem, dada a noite quente, a saudades das amigas e a ausência do namorado, fui jantar fora numa bela esplanada. Cervejinha para abrir o apetite, conversa posta em dia, Pizza para alegria estomacal e é então que a noite melhora a olhos vistos. Não há nada que me divirta mais do que uma boa história de vida dos outros, algo que eu possa observar de perto e de forma indiscreta sem que isso seja um problema.
Entre um cogumelo e um bocado de fiambre, começo a ouvir uma voz rouca. Não preciso de procurar muito, à minha frente está a dona da voz, daria-lhe 55 anos. A senhora chorava enquanto gritava frases como: “sempre me disseste que não a vias há 2 anos!” “eu nunca te faria uma coisa dessas!” “os teus filhos fazem de ti gato sapato!” “como podes estar aí de consciência tranquila”.
Eu sei, não devia alegrar-me com os soluços alheios, mas não consigo. Discussões em público, enchem-me a alma. E quando falamos de um casal na casa dos 50 a roçar comportamento de adolescente, aí é a loucura. Passa-me o politicamente correcto, rio-me, esqueço que está alguém ao meu lado a tentar conversar, e fecho o cérebro tal e qual como quando vejo o biggest loser na tv. O meu foco fica isolado naquelas pessoas. Assisti a uma discussão, que durou cerca de 1 hora e meia, que envolveu gritos, acusações, insultos, choro e culminou em grande. Ele levanta-se para ir pagar, ela levanta-se para ir embora, e não consegue. O nível de embriaguez era de tal forma que a senhora nem dois passos dava. E lá veio ele, impedindo uma saída gloriosa de cabeça erguida, agarrou-a por um braço e lá foram, agarrados um ao outro. Quem os visse só naquele segundo, a virar a esquina abraçados, diria após suspiro “ai o amor..”

If you enjoyed this post Subscribe to our feed

4 Comments

  1. Marlucinha |

    gostei particularmente da parte em que dizes "fdx, agora ou com 50 anos, a história é sempre a mesma" :P

     
  2. piccola Maria |

    e é! caraças!

     
  3. Mamã |

    Maria o que eu já me ri e revi ao ler-te (na parte em que dizes o quanto gostas de assistir a cenas destas). Saudades miúda! Beijo

     
  4. piccola Maria |

    Olha quem veio fazer uma visita!! Saudades grande mamã!! beijinhos!!;))

     

Enviar um comentário